Andar de bicicleta traz imensos benefícios, em geral. Em Portugal, as circunstâncias sociais, políticas e até climatéricas convidam cada vez mais as pessoas a adotar a bicicleta como meio de transporte ocasional ou regular. Apesar do perigo que os automobilistas ainda possam representar, o número de ciclovias está a aumentar e o próprio Código da Estrada já granjeou mais direitos para os ciclistas. Vejamos algumas vantagens de andar de bicicleta em Portugal:

Poupanbike-889820_960_720ça

O preço do petróleo está atualmente baixo, mas nenhum economista espera que a gasolina ou o gasóleo venham a ser tão baratos como o foram no final do século XX. Usar regularmente a bicicleta é uma forma de poupar dinheiro, não só em combustíveis, mas também na manutenção do automóvel.

Transportes públicos ineficientes

Os utilizadores de transportes públicos também conservam o seu automóvel, mas continuam a pagar bilhetes caros, ao ponto de por vezes, de forma bizarra, o transporte público ser tão ou mais caro que o automóvel próprio. Além disso, ineficiências, atrasos e greves comprometem a rotina de quem tem de cumprir horários e não pode ficar à espera do transporte seguinte ou apanhar um táxi. A bicicleta é o meio mais simples de se ver livre de todos estes inconvenientes.

Mais saúde, aproveitando o clima

Pedalar regularmente é bom para a saúde. Mesmo aqueles que estejam confortáveis com os riscos de doenças graves, associadas a hábitos sedentários, terão de concordar que ir de bicicleta para o trabalho ajuda a poupar tempo e dinheiro em deslocações ao médico. Além disso, o clima temperado de Portugal permite utilizar a bicicleta durante a maior parte do ano.

Turismo sustentável e económico

Portugal é um país maravilhoso e ainda a descobrir pelos próprios portugueses. Uma viagem de bicicleta é uma forma não poluente, barata e saudável de descobrir as ferrovias convertidas em ecopistas e paisagens incríveis, de Norte a Sul do país e nas ilhas.